cartaz-rampa-santa-luzia-capa

Rampa de Santa Luzia

Os motores vão voltar a ouvir-se em Viana do Castelo, na já tradicional edição da Rampa de Santa Luzia! Pelo sexto ano consecutivo, o Viana Motor Clube encabeça a organização deste evento, primando sempre pela qualidade e pelo profissionalismo com que encaram estes desafios.

Rampa de Santa Luzia

Fonte – Facebook Viana Motor Clube :Parque Fechado da última edição competitiva da Rampa de Santa Luzia, em 1986.

A Rampa de Santa Luzia 2019, realizar-se-á nos dias 28 e 29 de setembro, e conta este ano com 3 sessões de subidas no sábado, e uma sessão apenas no domingo. Ou seja, poderão assistir às já tradicionais sessões de subidas de sábado de manhã e de tarde, e voltaremos a ter este ano uma terceira e última sessão no sábado à noite – coisa que já não acontecia há dois anos – última sessão esta que contará maioritariamente com automóveis de competição, equipados com faróis suplementares, e portadores de “roncares” bem característicos deste tipo de automóveis. Já no domingo, contaremos este ano apenas com a sessão de subidas da parte da manhã.

Programa

Sábado, 28 de setembro

  • 10h – Tourist Serie / Ladies First

  • 15h – Sports & Classics Serie / Ladies First

  • 21h – Racing Serie

Domingo, 29 de setembro

  • 10h – Club Serie

Em cada uma das quatro sessões de subidas participarão 50 automóveis, pelo que na edição 2019 desta Rampa de Santa Luzia, poderão assistir à subida de 200 automóveis diferentes. Como vem sendo hábito, haverá sessões de subidas um pouco para todos os gostos, desde os automóveis clássicos, até aos automóveis desportivos modernos.

Rampa de Santa Luzia

Fonte Facebook João Pedro Peixoto – BMW M1 a terminar a Rampa de Santa Luzia, edição 2018.

Ladies First”

Uma novidade na edição deste ano diz respeito às séries intituladas “Ladies First”, nas quais participarão apenas senhoras ao volante. Uma novidade que é muito bem vinda, e que será certamente muito apreciada.

A rampa

As Rampas de Santa Luzia deixaram de realizar-se depois de 1986, altura em que podíamos assistir a subidas de vários modelos bem interessantes na época, como por exemplo o Lancia 037, ou o BMW M1 (entre muitos outros), e foram recuperadas em 2014 pelo Viana Motor Clube, sendo que atualmente não contemplam uma vertente competitiva; ou seja, as subidas dos automóveis não são cronometradas. Estas últimas edições têm portanto uma vertente puramente turística, e pretendem relembrar o Campeonato Nacional de Rampas do século passado, ainda que atualmente não tenham a vertente competitiva.

Rampa de Santa Luzia

Fonte Facebook João Pedro Peixoto – Uma senhora (espanhola) ao volante do seu Porsche na edição 2018.

Pais e Filhos participam cada vez mais

Um facto curioso que o João Pedro Peixoto me contou também, diz respeito às gerações que vão participando nestas últimas edições da Rampa de Santa Luzia. Segundo ele, há pais que passaram já este “bichinho” para os seus filhos, e foram detetadas algumas situações nas últimas edições, em que participaram pai e filho, ao volante de automóveis distintos. Um caso particular é o do próprio João Pedro Peixoto, já que o seu pai participou também em edições anteriores da Rampa! Mas este é apenas um caso identificado, porque há mais! Eu para já limito-me a participar com o meu filho ao lado – porque ainda não tem idade para conduzir – e no fim de cada edição, ele desgarra-me sempre: “Para o ano, voltamos!”… Mas para o ano ele já terá 18…

Rampa de Santa Luzia

Fonte Facebook João Pedro Peixoto – João Pedro Peixo acompanhado pela filha na edição 2018.

Curiosidade

Na conversa que tive ontem à noite com o presidente do Viana Motor Clube e com a restante equipa que organiza a Rampa de Santa Luzia, tomei conhecimento de um facto engraçado, contado pelo próprio João Pedro Peixoto – o presidente do Clube – que ao longo das últimas 5 edições, nos tem presenteado com brilhantes espetáculos, fazendo pleno uso dos seus dotes de condução: ele contou-me que a sua filha, há dois anos atrás – na altura com 10 anos – mostrou interesse em fazer uma subida da Rampa ao lado do pai, ainda que o tenha feito de forma algo hesitante. Sendo assim, ele optou por fazer uma subida mais cautelosa, mas ainda assim sempre com uma toada rápida, como sempre nos habituou. Quando chegou ao topo da montanha, já depois de passar pela bandeira axadrezada que assinala o fim da subida, perguntou à filha se tinha gostado. A resposta da menina, não podia ter sido mais engraçada: “Sim, gostei! Fechei os olhos na primeira curva, e só voltei a abri-los agora!” Como nota, e entre sorrisos, o João Pedro Peixoto disse-me também, que depois daquela primeira experiência há dois anos atrás, a filha voltou a fazer-lhe companhia na edição do ano passado. Só não me disse se ela desta vez conseguiu manter os olhos abertos mais algum tempo…

Rampa de Santa Luzia

Fonte Facebook Manuel Felgueiras – Eu próprio, acompanhado pelo meu filho, na edição 2018.

Para terminar este já longo artigo, não posso deixar de referir novamente e de aplaudir a qualidade e o profissionalismo a que este Clube já nos habituou em todas as organizações de vertente automobilística que se propõe a realizar. Um bem haja para o Viana Motor Clube, e na taQi desejamos que continuem a presentear-nos com excelentes organizações de eventos automobilísticos, por muitos e bons anos.

Cartaz rampa de Santa Luzia 2019

Carlos Sousa

Veja aqui a edição 2018!

Descarrega a app taQi

Descarrega a app taQi para Android
Descarrega a app taQi para iOS

Partilha com os teus amigos

Share on facebook
Share on linkedin
Share on print
Share on email

Publicidade

Último Artigo

Descarrega a app taQi